EnglishFrenchPortugueseSpanish

Já que estamos repetindo a história, não vamos deixar nada de fora

Membros da imprensa que mentiram e enganaram o povo alemão são executados junto com médicos e enfermeiras que participaram de experimentos usando pessoas vivas como cobaias.
Aqueles que esquecem o passado estão condenados a repeti-lo.

Foto de enforcamento em Nuremberg, Alemanha


Wilhelm Frick foi um político nazista, ministro do Interior do Terceiro Reich, julgado e condenado à morte por crimes de guerra pelo Tribunal de Nuremberg.

Frick foi preso e julgado diante do Tribunal Militar Internacional, em Nuremberg.

Por seu papel, como ministro do Interior, na formulação da lei habilitante de 1933 e, mais tarde, das Leis de Nuremberg (em coautoria com Wilhelm Stuckart), que distinguia os judeus (considerados Staatsangehörige, isto é, “nacionais”) dos “arianos” (Reichsbürger, isto é, “cidadãos do Reich”).

Frick foi condenado por planejar, iniciar e conduzir guerras de agressão, crimes de guerra e crimes contra a humanidade. Foi também acusado de ser um dos principais responsáveis pela existência de campos de concentração.
Em seu julgamento, Frick argumentou que nunca pretendeu que as Leis de Nuremberg pudessem ser utilizadas para assassinatos em massa, embora admitisse que isso acabou acontecendo.

Foi condenado à morte em 1º de outubro de 1946 e enforcado em 16 de outubro.

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Uma resposta

  1. Sim terão que ser julgados e cumprir a pena máxima. Todos sabem as consequencias do que estão fazendo. Presidentes de Sociedades médicas também. Médicos que aparecem em vídeos dando conselhos para vacinar também terão que ser submetidos a penas bem grandes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

covidflix

Outras Notícias